Escritos do coração

30.12.17 | Que ano!

Dois Mil e Dezessete. Que ano! Quantas pessoas, encontros, viagens e reencontros. Um ano revelador! A menina taurina, criou asas e voou. E que vôo: grande e alto. Profundo e intenso. Um ano em que entendi o sentido de tantos corações tatuados: é tanto amor que não cabe dentro de mim, preciso transbordar. Um ano… Continue reading 30.12.17 | Que ano!