Blog, Consciência Peregrina, Sustentabilidade

Agroecologia: consciência, biodiversidade e comida socialmente justa

De onde vem aquilo que você consome? Já parou para pensar sobre isso?

Com os tempos corridos e a rotina consumindo a maioria das pessoas, elas nem se dão conta de pensar nas relações de consumo e nos processos por trás daquilo que ela consome. Tudo que consumidos vem de algum lugar, manejado por alguém, que muitas vezes, despende horas e horas para que aquele produto e aqui no caso, a nossa comida, chegue até a gente. E essa informação é importantíssima para a busca de uma vida consciente.

Comer Consciente
Comer consciente é comer saudável também, mas vai além da nutrição, vai além da sua saúde. Comer consciente é comida sem veneno, é comida socialmente justa, produzida em um ambiente sustentável, que não esconde de onde vem o alimento, ao contrário, cria laços, mostra afeto, amor. Comer consciente é antes de tudo, comprar do pequeno, sustentar família e não corporações.

E onde a Agroecologia entra nisso tudo?
Agroecologia é biodiversidade, é consumo consciente e abundância.  Ela busca um desenvolvimento rural mais sustentável, uma harmonia entre as diversas dimensões da sustentabilidade, pois busca a transição do atual modelo para um mais equitativo e que menos degrade a natureza. Não é apenas para vender, mas para criar a consciência dos meios de produção como um todo.

Agroecologia X Agronegócio
Os dois tipos de atividades agrícolas são consideradas divergentes (podendo até dizer antagônicas) na relação com o ambiente, da destinação da produção e das relações de trabalho.

  • Agronegócio utliza químicos, sementes híbridas e transgênicas, devasta a biodiversidade e possui ligação direta com o capital transnacional.
  • Agroecologia vem se opondo ao Agronegócio e possui a preocupação com o meio ambiente e utiliza de forma sustentável os recursos naturais,  além de gerar renda com inclusão social. Agricultura e meio ambiente vivem em maior harmonia!

Lute para seu bem e para o bem do mundo!

  • Compre do pequeno;
  • Conheça seu produtor! Crie laços com aquele que coloca a comida no seu prato;
  • Conheça mais sobre a reforma agrária, que vai além da posse de terra (falaremos mais sobre isso por aqui);
  • Modifique a sua relação com o que você come: comer é ato político;
  • Informe-se! Pesquise mais e crie a sua verdade do que é realmente saudável para você e sustentável para o mundo;

É sobre a luta por oportunidade de autonomia e saúde em nosso prato!

Ahoo, Namastê e Bom caminho ❤

##

Apoio: AFFA – Associação Fluminense de Famílias Agroecológicas 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s