Blog, Lixo Zero, Sustentabilidade

Qual o problema do plástico?

Ultimamente quando falamos sobre gestão de resíduos, sustentabilidade, poluição ou qualquer assunto que se ligue a natureza, sempre vem o assunto do plástico. Vamos então falar a fundo sobre ele? Informação é sempre importante para refletirmos e assim, tomarmos decisões mais assertivas que fazem bem para o Planeta e pra gente 🙂

Como surgiu?
Seus primeiros indícios foram registrados no início do século XX e em 1920, deu-se o start de produção. No Brasil, a partir de 1949, inaugurou-se a primeira fábrica para produção de grande escala em São Paulo, a Baskol S.A. O material, começou a ser produzido principalmente para baratear custos de produção de produtos nas linhas de produção e gôndolas de supermercados. A publicidade teve alta influência disso.

O que é e qual o seu impacto?
O plástico é formado por polímeros, quem vem do petróleo, substância não renovável, com energia baixa e densa e que destrói a natureza para a sua extração.

Além disso, o plástico é difícil de ser compactado e gera um volume gigantesco de lixo. Ocupa um grande espaço no meio ambiente, o que inclusive atrapalha a decomposição de outros materiais orgânicos quando estão juntos.

Seu poder de durabilidade e resistência também é um problema, pois como ele é à prova de bactérias, se degrada bem lentamente e pode demorar de 100 até 450 anos.

– Entope valas e bueiros, podendo causar enchentes, alagamentos e transtornos urbanos.

– Em contato com o mares e rios, sofre ações do meio (sol, altas temperaturas) e passa parecer um alimento para os animais marinhos. Quando esses animais comem esse pedaço de plástico que acha que é alimento, ficam doentes e morrem. Uma pena né? 😦 Já viu o vídeo da tartaruga?

O maiores vilões hoje:

*Sacolas Plásticas
– 1 trilhão de sacolas por dia em todo o mundo;
– Feitas de plástico, polietileno, advindo no petróleo, é uma substancia não renovável;
– Não é biodegradável;
– Demoram cerca de 200 anos para se degradarem na natureza.

*Canudos
– São 03 bilhões (isso BILHÕES!) de canudinhos por dia, em todo o mundo;
– Só na orla da zona sul do Rio de Janeiro, são mais de 32 mil canudos diariamente;
– Feito de polipropileno e poliestireno (base de combustíveis fósseis não renováveis e produtos químicos sintéticos);
– Não são biodegradáveis;
– 04 minutos de “tempo de vida” na nossa boca, mais de 100 anos nos oceanos.

*Copos e Talheres descartáveis
– Média de 1600 copos por pessoa, por ano;
– Pode demorar de 300 a 450 anos para se decompor;
– Os descartáveis são os resíduos sólidos urbano que menos se recicla no planeta;
– Prejudicam a saúde, pelo contato do plástico com calor e depois com sua boca;
– A produção de apenas um copinho, gasta mais água do que seria necessário para lavar um copo de vidro.

Foto: Peppe Ventura // Visão Peregrina

 

O que fazer então? Por onde começar?
A reciclagem se torna a principal ferramenta para evitar esses impactos, mas como aqui no Brasil não se recicla (apenas 2% de todos os nossos resíduos são reciclados hoje) o que precisamos fazer é reduzir a produção de resíduos. Pequenas mudanças já ajudam um montão!

– Negue sacolas plásticas. Ande sempre com suas sacolinhas retornáveis;
– Não compre mais garrafinhas plásticas de água e sucos. Leve sua garrafa de casa;
– Compre legumes e frutas em pequenos produtores, assim evita embalagens;
– Compre grãos e farinhas à granel;
– Use vidros para armazenar suas compras em casa;
– Tenha um “kit lixo zero” com copo, talheres, canudos, guardanapo de pano, para usar quando sair de casa.

Caso queria se aprofundar mais, nos links abaixo coloco outros posts aqui do blog com mais detalhes mais profundos sobre o plástico:

https://conscienciaperegrina.com/2018/02/05/dispensa-o-canudinho-vai/

https://conscienciaperegrina.com/2018/02/02/pra-que-glitter-ja-somos-brilhantes/

https://conscienciaperegrina.com/2017/12/09/lixo-zero-repensar-o-pensar-um-convite/

Vamos juntxs repensar nossos hábitos? O planeta sorri e agradece 🙂

Ahooo, Namastê e Bom caminho ❤

##

Foto de capa: Peppe Ventura // Visão Peregrina

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s